Método Méziers

O corpo humano é formado por cadeias musculares e articulares que se desequilibram de forma particular, em cada pessoa, devido à utilização de posturas incorretas no seu dia-a-dia. Assim, com a perda de flexibilidade em determinados músculos, o corpo cria compensações articulares e musculares que levam ao aparecimento de instabilidades vertebrais causadoras de diversas patologias.

O método Mézières utiliza posturas de estiramento dos músculos posteriores do corpo, terapia manual e mobilizações articulares que facilitam o controlo respiratório, com vista ao reequilíbrio da postura.

O resultado desta vertente de estiramento, dentro da fisioterapia, é um relaxamento muscular e uma correção postural, através da eliminação de compensações e do melhoramento do equilíbrio muscular e respiratório.

No final da década de 40, Françoise Mézières, fisioterapeutacorporal, através de uma observação cuidadosa, desenvolveu uma teoria sobre os desequilíbrios corporais, segundo a qual todos os desvios de postura são causados pela hiperlordose (encurtamento anormal da coluna vertebral), afetando toda a “cadeia muscular posterior” responsável pelo equilíbrio. Mademoiselle Françoise Mézières, que nasceu na França em 1909, ensinou o seu método do fim dos anos 50 até sua morte em 1991, somente para os fisioterapeutas diplomados.

Mézières dedicou-se intensivamente ao estudo da mecânica muscular. Suas descobertas levaram-na concluir que a cadeia muscular posterior, que interliga os pés à cabeça, trabalha como um só músculo, obrigando os demais, menos potentes, a seguir seus “comandos”; e que o deslocamento das massas do corpo (cabeça, barriga e costas) faz com que as curvas vertebrais se acentuem, obrigando os músculos ligados às vértebras a tomarem uma posição de arco côncavo; e que essa curva e o achatamento da musculatura posterior só tendem a agravar-se com o decorrer dos anos. A essa curvatura dá- se o nome de lordose.

A partir dessas descobertas, Mézières afirmou que as alterações provinham do excesso de força da cadeia posterior, sugerindo então que a solução seria soltar os músculos posteriores para que eles libertassem as vértebras mantidas no arco côncavo. Concluiu também que não é somente o esforço para ficar em equilíbrio que encurta os músculos posteriores, mas, também todos os movimentos de média e grande amplitude executados pelos braços e pernas, que estão ligados pela coluna vertebral. Mézières observou que cada vez que tentava tornar menos acentuada a curva de um seguimento da coluna vertebral, a curva era deslocada para outro seguimento. Desta forma era necessário considerar o corpo em sua totalidade e cuidar dele como um todo. Françoise afirmou que as lordoses estão na origem de todas as deformações, as afecções decorrentes da lordose são devidas as compensações musculares causadas por esta curvatura.

Mademoiselle Françoise Mézières propôs então, um tratamento com base no alongamento dos músculos que causam a lordose e músculos rotadores internos (músculos posteriores), por manutenção postural prolongada a fim de obter um efeito corretivo das massas musculares.

O Método Mézières procura tratar as causas e não os sintomas, o físico e o emocional, proporcionando o bem-estar dos pacientes através de um método completo de aplicação dos princípios das cadeias musculares.                  transferir 2                 transferir 1